TEMPUS FUGIT – CICLO DE CONFERÊNCIAS

04 de maio | 11h00
BIBLIOTECA LÚCIO CRAVEIRO DA SILVA

CONFERÊNCIA “O QUE VESTIAM OS ROMANOS” | Workshop sobre vestuário
Orador: Miguel Carneiro (Equipa Espiral)
O povo Romano, como nos diz o poeta Virgílio na sua obra Eneida, ficou conhecido do mundo como GENS TOGATA, isto é, aqueles que vestem a toga, uma veste muito própria dos cidadãos masculinos romanos.
Neste workshop serão abordadas as mais usuais formas de vestir e adornar características da civilização romana, bem como alguns exemplos característicos dos povos indígenas que habitavam o noroeste peninsular aquando a ocupação romana.
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço  

 

21 de maio | 18h00
BIBLIOTECA LÚCIO CRAVEIRO DA SILVA
CONFERÊNCIA “OS MEUS FILÓSOFOS E ESCRITORES – INFLUÊNCIAS NA ARTE E NA VIDA”
Orador: José Moreira da Silva (Linguista e Escritor) | Virgínia Pereira (Prof. Aposentada ELACH e U. Minho) | Amadeu Santos (Professor)
No contexto da Braga Romana e na esteira do pensamento de Edgar Morin, pretende-se com este Encontro conversar sobre “Os Meus Filósofos” e Escritores, isto é, sobre o papel que cada filósofo e escritor, grego ou romano, desempenhou na vida de cada interveniente. Dar-se-á relevo, naturalmente, aos escritores romanos.
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço 

 

11 de maio | 10h00 às 12h00
MUSEU DE ARQUEOLOGIA D. DIOGO DE SOUSA
CONFERÊNCIA “UM OLHAR ANTROPOLÓGICO SOBRE A DOAÇÃO BÜHLER-BROCKHAUS”
Orador: Jean-Yves Durand (CRIA – UMINHO)
Passear pela sala onde é exposta a notável coleção de arte antiga recentemente doada ao Museu D. Diogo de Sousa suscita comentários e interrogações, em diálogo com o público, acerca da nossa relação com a história e com o “património”, do papel dos museus, das políticas culturais.
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço 

  

22 de maio | 19h00 às 20h30
MUSEU DE ARQUEOLOGIA D. DIOGO DE SOUSA
CONFERÊNCIA “DEMOCRACIA: HISTÓRIA E INFLUÊNCIAS”
Oradores: Fernanda Magalhães (HU. Minho), Patrícia Fernandes (EGU. Minho), Steven Gouveia (U. Porto)
Serão abordadas, sob várias perspetivas históricas e filosóficas, ideias sobre a democracia ao longo das diferentes épocas da humanidade. O foco será desde a Antiga Grécia, com uma ênfase especial na época do Império Romano, até o impacto dessas reflexões na atualidade. 
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço 

 

23 de maio | 19h00 às 20h30
MUSEU DE ARQUEOLOGIA D. DIOGO DE SOUSA
CONFERÊNCIA “NAVEGAÇÃO E COMÉRCIO ROMANO NA ROTA DO EIXO ATLÂNTICO”
Orador: Rui Morais (FLUP/ CECH)
As problemáticas que iremos tratar abordam algumas questões que nos últimos anos tem sido objeto de estudo no âmbito da navegação e comércio romano na Fachada Atlântica do NW Peninsular. Apesar das distintas abordagens possíveis, levaremos em consideração a alteração da linha de costa ao longo dos tempos, pelo que é fundamental o cruzamento das fontes literárias e epigráficas e do registo arqueológico e cartográfico, com as evidências diacrónicas da geomorfologia e da sedimentologia nesta franja costeira do NW peninsular.
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço 

 

25 de maio | 10h00 às 12h00
MUSEU DE ARQUEOLOGIA D. DIOGO DE SOUSA
CONFERÊNCIA “BRACARA AUGUSTA: UMA CIDADE DE IMAGENS” 
Orador: Rui Morais (FLUP/CECH)
Bracara Augusta é uma cidade de imagens. As imagens são uma forma de linguagem, representam um sistema de “signos convencionais” que têm de ser lidos e interpretados pelo observador moderno de modo a tentar descortinar a “linguagem romana” e o seu significado. Nesta sessão iremos acompanhar as expressões artísticas de Bracara Augusta principiando por uma breve alusão à sua fundação em época do Imperador César Augusto, até ao momento em que esta se tornou capital provincial e, mais tarde, lugar central do reino dos Suevos.
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço 

 

26 de maio | 10h00 às 12h00
MUSEU DE ARQUEOLOGIA D. DIOGO DE SOUSA
CONFERÊNCIA “BRACARA AUGUSTA: CIDADE E TERRITÓRIO”
Oradora: Helena Carvalho (UMinho/Lab2PT/IN2Past)
Esta conferência pretende abordar os processos relacio­nados com a transformação do território em que se implantou a cidade romana de Bracara Augusta, ten­do em vista estabelecer uma articulação entre o âm­bito urbano e a nova paisagem rural que emerge da integração desta região no Imperio romano.
Inscrições: acesso por ordem de chegada e limitado ao espaço