REVIVER NO ESPAÇO

REVIVER NO ESPAÇO

Conheça o quotidiano da cidade de Bracara Augusta através da visita e do contacto com diferentes ofícios, onde pode interagir, conviver e experimentar.

 

Lyceus Romanus (Área Pedagógica) | Seminário de Santiago

Um Lyceus Romanus recriado na área do “Peristilo” da Domus do Seminário de santiago, oferece aos visitantes um espaço destinado a várias formas de pedagogia! Poderá aprender, à boa maneira romana, a língua latinae ou língua Graeca na Schola, ou de uma forma mais lúdica, aprender brincando na Crepundia, com jogos, brinquedos e actividades dinamizadas, ou até mesmo aprender história através de tetros de marionetas que contam lendas encenadas para si!

Horário: 22 a 26 de maio das 10h00 às 18h00.

SCHOLA

SCHOLA LINGUAE LATINAE – AULA DE LÍNGUA LATINA*
22 a 26 de maio | 10h00 | Público-Alvo: 1º ciclo

FABULA CATURI – A LENDA DE CATURO – TEATRO DE MARIONETAS
22 a 26 de maio | 11h00 | Público-Alvo: 1º ciclo 

ITERUM AD PRAETERITA – OFICINA DE NOVO AOS TEMPOS PASSADOS *
22 a 26 de maio | 12h00 | Público-Alvo: 1º, 2º e 3º ciclo

SCHOLA LINGUAE GRAECAE – AULA DE LÍNGUA GREGA*
22 a 26 de maio | 14h30 | Público-Alvo: 1º ciclo

FABULA CATURI – A LENDA DE CATURO – TEATRO DE MARIONETAS
22 a 26 de maio | 15h30 | Público-Alvo: 1º ciclo

OFICINA ARTIS SIGILLORUM – OFICINA DE BULAS*
22 a 26 de maio | 16h30 | Público-Alvo: Pré-escolar e 1º ciclo

*Inscrições: inscricoes.cultura@cm-braga.pt

 

Domus Camalus (Casa Camalus) | Largo de Santiago

Recriação de parte de uma Domus (casa) romana com átrio, onde habita a família de Camalus, de origem indígena da região dos Bracari, que recentemente se mudaram para o seio da urbe de Bracara Augusta, onde detêm relevante importância comercial e social.

Neste espaço pode visitar a área comercial, gerida pela família, do thermopolium, (comércio de restauração) como também, a área mais privada da Domus. Sinta-se como se de um convidado de Camalus se tratasse, entre pelo atrium (átrio) e visite desde o cubiculum (quarto) onde descansam, o Tablinum (escritório) onde Camalus faz os seus escritos, o lararium (oratório) onde fazem as suas orações, até ao famoso triclinum (sala de jantar) onde convivem e se alimentam. Conviva com o Quotidiano da Domus Romana de Camalus e sinta-se em Bracara Augusta.

 

 

Bestiarum Locus (Exposição e Demonstrações de Cetraria, Cavalos e Cães) | Largo Paulo Orósio

A admiração, o respeito e tratamento nutrido por determinados animais era muito importante no seio da civilização romana, chegando mesmo a usa-los como figura principal das insígnias de poder civil e militar, como é caso da águia de Júpiter. Eram também muito apreciados no plano religioso e da adivinhação bem como na sua ostentação.

Neste espaço recriado para si, inserido na área do acampamento legionário (Castra VI Victrix), poderá apreciar a arte de cuidar, treinar para a caça e a demonstração de voos bem como a beleza de Equídeos que farão pomposos circuitos pelo mercado.

 

 

Ars Monetae (Cunhagem de Moeda) | Largo S. João do Souto e Largo Paulo Orósio

A circulação monetária entra definitivamente no quotidiano dos Brácaros e de todo o noroeste peninsular, quando sob o império romano emerge a cidade de Bracara Augusta. Neste espaço pode apreciar a cunhagem de uma moeda caraterística, conhecida atualmente por moeda de “caetra” que nos remete para os primórdios da cidade, onde no verso apresenta uma esfinge romana como forma de propaganda política, no anverso apresenta o desenho de um “caetra” típico dos escudos dos guerreiros galaicos, simbolizando uma assimilação cultural e a dita “Pax Romana”. Introduzidas através das legiões, nos primórdios de Bracara Augusta, são o primeiro exemplo de cunhagem no Noroeste, a circular pelos habitantes já súbditos de Roma e Augusto.

 

 

 

Ars Medica (Medicina e Cirurgia) | Largo S. João do Souto

A medicina teve uma forte presença e evolução na civilização Romana, quer fosse no campo militar, civil ou religioso. Bracara Augusta não foi exceção, chegando mesmo os seus cidadãos a prestar culto votito a Asclepius e Hygia, deuses da medicina na sua forma grega. Neste espaço o visitante pode visualizar as mais variadas formas de tratamento medicinal, quer seja, através da aplicação de remédios, como das técnicas de intervenção cirúrgica, bem como, apreciar uma parafernália de instrumentos e algumas receitas medicinais.

 

 

 

Spatium Ludicum (Espaço Lúdico para criança e famílias) | Sala da Pedra do Museu Pio XII

Entrando no Museu Pio XII, na Sala de Pedra, os visitantes mais jovens e família, encontrarão a recriação de um Spatium Ludicum, onde diariamente é surpreendido com um espetáculo de teatro de papel que conta a fábula do pequeno Titus, que vive em Bracara Augusta.

Acompanha o pequeno Titus nesta aventura, que nem imagina o dia agitado que terá pela frente, e fica a saber um pouco mais da História do período romano e da tua Bracara Augusta.

 Horário Museu Pio XII:

22 a 26 de maio das 09h30 às 12h30 e das 14h30 às 18h00.

TEATRO: “TITUS… E A CONTA DOS DIAS” – 22 a 26 de maio | 11h00 e 15h00

 

 

Castra Leg. VI Victrix (Acampamento Militar) | Largo Paulo Orósio

Dinamizado pela Equipa Espiral, representa o quotidiano de um legionário na “Legio VI Victrix”, legião presente no Noroeste Peninsular no tempo do César Augusto. Neste local o visitante pode ser recebido nos aposentos do General Agrippa e descobrir mais sobre indumentárias, construção de armamento, encenações de exercícios e técnicas de combate.

 

VISITAS GUIADAS AO ACAMPAMENTO MILITAR
22 de maio | 15h30 – 23 a 26 de maio | 11h00 e 15h30 – 23 de maio | 15h00 (visita adaptada)

PRANDIUM ET CENA LEGIONIS VI VITRICISALMOÇO E JANTAR DA LEGIÃO VI VICTRIX – 26 de maio | 12h30 e 20h00

Locus Artium et Officiorum “Sol-a- Sol” (Escola de Artes e Ofícios) | Rossio da Sé

A educação foi e é sem dúvida a base da sociedade de grandes civilizações. As “escolas” de artes e ofícios nas cidades do Império Romano, raramente obedeciam a um edifício específico, mas sim na sua maioria, a uma extensão da própria loja de comércio “Tabernae”. Muitas vezes separados por uma cortina de pano, esta transmissão de saberes assentava num modelo familiar, que variava muito de família para família. Em Bracara Augusta não seria diferente, e ao revisita-la poderão encontrar e experienciar com a ajuda de “mestres” um conjunto de artes e ofícios como as ferrarias, o trabalho em couros, a escultura, a tecelagem e a perfumaria.

O quotidiano de uma praça de comércio no período Romano é de uma grande riqueza em todos os aspetos. Não só se vendiam bens e serviços, mas era também um centro de conhecimento, cultura e arte. A densidade de aromas, cores e texturas é interminável.

Ao longo das cinco jornas de trabalho, serão recriados não só as artes e ofícios, mas todo um quotidiano que se divide em dois momentos: Sol-a-Sol que representa o trabalho desenvolvido ao longo da jorna até o sol se pôr. Pela noite dentro serão celebradas as divindades com honras e oferendas.

 Horário: 22 a 26 de maio das 10h00 às 24h00.

 OFFICINA ARTIS TEXENDIOFICINA DE TECELAGEM* – 22 a 26 de maio | 10h30 e 16h00

 OFFICINA CORIORUMOFICINA DE COUROS* – CONSTRUÇÃO DE CÁLIGA – 22 a 26 de maio | 14h00 e 18h00

*Inscrições: inscricoes.cultura@cm-braga.pt

 

Villa (Quinta com animais e Animais Exóticos) | Termas Romanas do Alto da Cividade

O visitante pode apreciar uma exposição de animais de quinta e interagir com cavalos, burros, galinhas, patos, coelhos, cabritos, ovelhas e gansos.

Neste espaço recriado para si, para além dos animais ligados ao quotidiano campestre, poderá apreciar também, por um lado o exotismo de vários répteis e serpentes, exibido por um mestre da adivinhação, vindos de outras paragens, e por outro, a imponência de aves de rapina (águias, falcões e noturnas) em exposição.

 Horário: 22 a 26 de maio das 10h00 às 22h00.

 

Domus Officiorum (Casa de Ofícios) | Termas Romanas do Alto da Cividade

A “Domus Officiorum” ou Casa dos Ofícios recria antigos ofícios de banqueiros, cabeleireiros e massagistas, floristas, cuidadores de saúde, padeiros, cozinheiros e serventes em plena laboração. Use as moedas de “Caetra”, penteie-se como um patrício e usufrua de uma relaxante massagem cheia de aromas. Aperalte-se com vestes e grinaldas romanas, deguste algo numa “caupona”, divirta-se com jogos, ouça os presságios do “oraculum” e por fim deleite-se tal como um comensal, num verdadeiro “banquete Romano” em Bracara Augusta.

 Espaço dinamizado pelo IEFP – Centro de Emprego e Formação Profissional de Braga.

Horário: 22, 23 e 26 de maio das 10h00 às 22h00 | 24 e 25 de maio das 10h00 às 23h00

 

Mercatus Romanus (Artesãos e Mercadores) | Ruas do Centro Histórico

Por várias ruas do centro histórico, o Mercatus Romanus expande-se e nele podem ser apreciados e adquiridos vários produtos como metais, olaria, tecelagem, bijuteria, cestaria, vidro, cantaria, couro, marcenaria, produtos naturais e alimentares. Ao longo do mercado o visitante pode interagir com os melhores mestres ferreiros, marceneiros, oleiros, curtidores de peles, médicos, perceber da arte da salga, da secagem do peixe e os mistérios do Garum (o famoso molho de peixe que temperava a comida diária dos romanos) e experimentar a cunhagem da moeda em diferentes plateiae officiorum.

 Horário: 22 a 26 de maio das 10h00 às 24h00.

 

Domus Ciborum (Áreas de Alimentação)

Platea Apicii – Praça do Apício | Largo das Carvalheiras

Platea Gari – Praça do Garum | Largo de S. Paulo

Nas “tabernae” os visitantes podem deliciar-se com os mais simples petiscos ou os mais ricos e elaborados pratos de inspiração ou receita romana recriada a partir da mais nobre fonte: De Re Coquinaria escrita por Marco Gávio Apício.

Horário: 22, 23 e 26 de maio das 11h00 às 24h00 | 24 e 25 de maio das 11h00 às 01h00